Voltei!

Blog abandonado – quem nunca?
Desculpem-me pela demora. O mês de Julho passou sem nenhum post sequer, e não ia deixar o mesmo acontecer com Agosto. Sem demora, explico: recebemos a visita dos meus sogros entre esses dois meses, então eu estava ocupada com preparativos e viagens.
Desde que comecei com essa história de viajar e morar fora, em 2006, me interessei muito pelo assunto. Gosto muito de pesquisar sobre imigração, vistos, passagens aéreas etc. Então quando alguém da família vai viajar, eu costumo dizer que abro a minha agência de viagens e ajudo no que posso, pois é realmente prazeroso pra mim. Então quando meus sogros avisaram que vinham, e trariam a avó do Lucas também, mais do que prontamente me pus a procurar passagens e ajudá-los com documentação. Quem sabe um dia eu possa fazer isso profissionalmente? Faço tantas coisas aleatórias por puro prazer, que um dia vou abrir uma empresa e chamá-la de “Natalya Life Arrangements: travel agency, immigration, photography, baking, real estate and jobs” . Haha. Bem, o mês de Julho se passou dessa forma, preparando-nos para recebê-los, e o mês de Agosto se passou enquanto viajámos com eles! Foi bom demais. Tivemos a oportunidade de conhecer Praga (dessa vez com mais calma), Lisboa (+ Fátima e Óbidos), Viena e Cesky Krumlov. O plano também incluía Budapeste, mas cancelamos de última hora devido ao calor extremo. Contarei os detalhes das viagens em posts futuros.

Vamos ao assunto deste.

Pense numa língua lazarenta. Pense numa língua pior que essa primeira que você pensou. Agora adicione sons dificílimos de serem reproduzidos. Mais um pouco e você chega no Tcheco.
Falar Tcheco é um desafio. E mesmo vivendo aqui e estando imersa no idioma, é quase impossível aprender naturalmente. O Tcheco é uma língua eslava falada só aqui por mais ou menos nove milhões de pessoas. É bem parecido com o eslovaco, as duas línguas são mutualmente inteligíveis e igualmente difíceis. E dá pra acreditar que nesse país super pequeno três vezes menor que o estado de São Paulo tem dois dialetos? Aqui na região da Morávia fala-se um tipo de Tcheco enquanto que na região da Boêmia, outro.
Há quase um ano morando aqui o máximo que eu consegui realizar foi pedir a comida, bebida e a conta nos restaurantes. Mas se o garçom sair do script, ferrou!

Em Abril começamos um curso gratuito de Tcheco oferecido pela União Europeia para cidadãos de países fora da UE. Foi um curso para iniciantes e meus colegas de classe eram em peso os meus colegas de trabalho. Não consegui concluir o módulo devido ao meu horário de trabalho, mas o pouco que eu fiz deu pra aprender algumas palavras e números. O progresso é bem lento.

Mas uma coisa eu tenho que admitir. Apesar de haver palavras com três acentos diferentes e nenhuma vogal, uma vez que você aprende os sons das letras fica fácil ler qualquer coisa (mesmo que você não entenda). Não é como o Inglês que o “I” tem pronúncias diferentes dependendo da palavra. No Tcheco, cada letra é um som e ponto final. Deixa até Português no chinelo, nesse aspecto. Uma vez um aluno de Português aqui me perguntou o porquê da pronúncia da palavra “neve” ser como é, e não “nêvê” ou “névé”. Porque Deus quis, oras.

 Algumas palavras e frases básicas que você tem que vir já sabendo:

Dobrý den = bom dia

čau = tchau (mesma pronúncia)

Ahoj = olá (informal) – o “j” tem som de “i”

Dekuji = obrigado

Prosím = de nada / por favor

Dobrou chut’ = bom apetite – o “ch” tem som de “rr”

Na zdraví = saúde

Pivo = cerveja.

Jedno pivo, prosím! = uma cerveja, por favor!

Jedno kolu, prosím! = uma coca-cola, por favor!

Nerozumím česky = Não entendo Tcheco. – o “č” tem som de “tch”, como em tchau.

Rozuminte anglicky? = Você entende Inglês? – o “c” tem som de “ts”, como em pizza. SEMPRE.

Quero voltar a estudar, dessa vez com mais afinco, e aprender essa língua de uma vez por todas! É difícil, mas não impossível!

Aqui o site do Centro de integração de Estrangeiros, pra quem se interessar no curso de Tcheco: http://www.cizincijmk.cz/folder/185

Lembrando que é só pra quem é cidadão não-europeu!

Na shledanou!

(Até a próxima!)

Anúncios