Não se alarme! – um post de utilidade pública.

Lembro-me como se fosse ontem: outubro de 2014: Lucas trabalhando e eu em casa curtindo um dia preguiçoso com o Charlie. Estávamos dormindo quando, de repente, começo a ouvir o barulho de uma sirene. Não alta o suficiente pra ser no meu prédio, mas em algum lugar próximo. E não parava, e tinha uma voz que falava alguma coisa. Alarmada, literalmente, comecei a tentar descobrir de onde vinha o som e o porquê. Charlie começou a perceber minha agitação e ficou preocupado também. E o alarme não parava. E a voz continuava falando. “Saio de casa? Fico em casa trancada?”, pensei. Na rua, pelo que eu via da minha janela, tudo parecia normal. “Será que todos já se esconderam??? Charlie???”.

Bem, não foi nada daquilo.

Todas as primeiras quartas-feiras do mês, às 12h, toca o alarme em todas as áreas residenciais do país para testar se está funcionando e se todos conseguem ouvir. Se alguém não consegue ouvir de alguma região, deve reportar à prefeitura.

Então não se assustem. Se for um alarme de verdade, vai ser diferente do que geralmente é (duração, tipo de som e mensagem). 

Aproveito para deixar aqui os números de emergência:

112 – Número de emergência da Europa – falam Inglês! (Polícia, Bombeiros, Emergências Médicas)

158 – Polícia da República Tcheca

156 – Polícia municipal

150 – Bombeiros/Resgate

155 – Emergências médicas/Ambulância

Anotem esses números e deixem na porta da geladeira! 

Um abraço e até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s