Veterinários

Bonitão

Bonitão

 

Se tem uma coisa que eu gosto no Brasil é o nível dos veterinários! São excelentes, atenciosos e se especializam muito. O Charlie já passou com oftalmo, endócrino, cardio, dermato, ortopedista e é claro, clínico geral. Em 4 anos que vivemos no Brasil com ele nunca tivemos nenhuma experiência negativa com veterinário. E, infelizmente, com 4 meses de Brno, já tivemos uma.

O Charlie é um buldogue inglês e essa raça apresenta muitos problemas congênitos: respiratório, cardiológico, de pele, etc. A gente tenta sempre fazer de tudo pra amenizar esses problemas pra que ele tenha uma vida saudável enquanto for possível. Em um dos check-ups que fizemos no Brasil, foi constatado que o Charlie tem uma tendência a ter hipotiroidismo, então o controle disso com dieta é extremamente importante. A ração que ele come é super premium e às vezes precisa daquelas rações veterinárias pra controlar algum problema pontual.

Pois bem, quando chegamos aqui em Setembro do ano passado, demoramos pra achar essas rações que ele estava acostumado a comer, então foi um troca-troca por uns dois meses, o que causou uma alergia que, por sua vez, causou uma inflamação/infecção no ouvido. Como já tínhamos achado a ração correta, achamos que isso juntamente com um remédio que trouxemos do Brasil e que ele já usava de vez quando fosse tratar do problema. Mas não tratou, e uma outra coisa surgiu, e nesse meio tempo algumas vacinas venceram, então era hora de visitar o veterinário.

Eu queria achar alguma clínica perto de casa, pra poder ir com ele à pé. E conto o porquê: Aqui, os cachorros são obrigados a usar focinheira quando andam em transporte público, o que é ótimo e seguro para todos. Porém, o Charlie é um buldogue e portanto não tem focinho! Não tenho como colocar focinheira nele porque ele respira pela boca, então fica tudo mais complicado de ser arranjado. Por isso eu queria alguma clínica que fosse perto o suficiente pra irmos andando. E achei uma aqui na minha rua mesmo, duas quadras acima. E fui lá. E não gostei.

A médica falava inglês básico, o que é ótimo! Então expliquei pra ela tudo o que eu precisava e ela começou a examinar. Mas fez tudo muito superficialmente. Não colheu nenhuma amostra do ouvido pra investigar do que se trata; a mesa onde o animal fica não estava higienizada; as unhas dela eram pretas de sujeira, e ela encostou esse dedo imundo no olho do Charlie pra “examinar”, mas mesmo eu apontando o problema várias vezes, ela só olhou e não fez nenhum exame sequer, nem olhou com aquela luzinha nem nada. Fiquei uns 10 minutos no consultório e olhe lá. Ela só limpou o ouvido – de uma forma horrível, diga-se de passagem: colocou algodão em volta de um palito de metal e enfiou com tudo no ouvido dele. Ele, que tem alta tolerância a dor, estava demonstrando sentir muita. Saí de lá horrorizada, com dois remédios que ela mal explicou como aplicam e 800 coroas a menos.

Fiquei super chateada com a situação e publiquei no Facebook, que choveu de comentários. Um dos comentários foi da Silvie, a minha amiga Tcheca que mora em Campinas, e que é veterinária! Como eu não pensei em falar com ela antes? Ela me indicou uma amiga dela da faculdade que poderia me ajudar, me colocou em contato com essa médica, que prontamente se dispôs a ajudar e me indicou um serviço de transporte de animais que existe em Brno. Esse serviço é fantástico: eles atendem emergências principalmente – quando há algum acidente de trânsito que tenha algum animal envolvido, a polícia não mexe no animal e esse serviço é acionado. É tipo um bombeiros/resgate de animais. Mas eles fazem transporte para consultas e tratamentos também, por agendamento.

Então hoje pela manhã um carro super bem equipado veio até minha porta, o motorista me ajudou a colocar o Charlie dentro, me deu instruções de como é o transporte, me esperou pelo tempo da consulta e me trouxe de volta. Não é muito barato, mas depende da distância.

A consulta do Charlie foi excepcional: dois médicos super atenciosos trabalhando juntos, inglês super bom, fizeram um check-up completo, exames no próprio consultório (coleta do ouvido que já viram na hora o que era, e também exames oftalmológicos), me ensinaram a fazer a aplicação dos remédios, me deram uma amostra de uma outra ração que vamos introduzir, pesaram o Charlie, viram tudo tudo mesmo. Gostei muito!

 

vet vet2

Acredito que existem profissionais bons e ruins em todos os lugares, de todas as áreas. Eu só dei azar de ter uma péssima experiência logo de cara. Mas agora fico mais tranquila sabendo onde eu posso ir e que tem como contratar esse serviço de transporte também.

Links:

Clínica Eden (aceita cartão!!!)

Serviço de transporte e ambulância

 

 

 

Anúncios