Quem é vivo…

Olha eu aqui. Depois de meses de “férias” do blog, voltei.

Tem sido bem corrido no trabalho, com turnos na madrugada, e eu não tinha muito o que postar também. Mas hoje tô inspirada!

O tempo aqui tem estado bem doido, mas acredito que seja em todo lugar. Teoricamente ainda estamos no inverno, mas há algumas semanas tivemos temperaturas de dois dígitos, na média dos 10 graus. Teve um dia que fez 17! Estava muito bom e agradável até que caiu bastante essa semana, chegando a fazer -5 de madrugada, e nevou duas vezes essa semana. Uma neve linda parecendo plumas, que derretia ao encostar no chão.

12784704_10208489372211142_1174391857_n

Vista da minha mesa

Algumas árvores já estão com brotinhos aparecendo, apesar do frio. A primavera está chegando e com ela muitas novidades (compartilharei conforme forem acontecendo). Esse ano vai ser sensacional!

Falando em ano, nosso fim de 2015 foi legal! Eu trabalhei igual uma camela (como meu pai diz), plantões seguidos de plantões, madrugadas etc, mas folguei no Natal e recebemos os amigos em casa. Foi bem diferente de 2014, tinha umas 10 pessoas a mais em casa! E foi a primeira vez que eu preparei uma ceia de Natal completa! Muito orgulho de mim mesma 🙂 Eu adorei preparar tudo, desde os enfeites da casa, até as comidas, sobremesas, etc. Mais uma vez ficamos até as 6 da manhã batendo papo e nos divertindo, adorei!

O ano novo foi bem mais discreto. Eu trabalhei no dia 1, no turno da manhã que começa às 7h, então não pude fazer nada em casa. Só estava um amigo, o Lucas, o Charlie e eu. Jantamos, vimos os fogos, e fomos dormir.

3370_10208023240198133_3157201226844861426_n

Dia 14 de Fevereiro foi o tal do Valentine’s Day. Aqui é comemorado igual no Brasil: emprestado dos EUA. A data mesmo é em Maio, se não me engano. Mas tudo é motivo pras lojas se aproveitarem e encherem os bolsos de bufunfa. A diferença é que aqui as promoções são promoções mesmo. Mesmo. Não é tudo pela metade do dobro, não. Se uma loja tem placas de “Promoção! Aproveite!” vale a pena aproveitar mesmo. Sempre deixo pra comprar roupas nessas épocas. Roupas por aqui já são baratas, nas épocas de promoção então, vira o paraíso. Durante as épocas normais, eu entro nas lojas, vejo as roupas que quero e só aguardo, porque invariavelmente vai entrar em promoção, eventualmente. Já compre jaqueta de 1000,- coroas por 100,-!

Enfim. No Valentine’s Day passado ficamos sabendo que ia ter uma promoção enorme no Outlet que tem em Praga. Descontos de até 90%. Se fosse no Brasil eu desconfiaria. A palavra “até” joga uma pulga atrás da minha orelha imediatamente. Mas sendo aqui, eu resolvi dar o benefício da dúvida. E lá fomos nós, Lucas e eu. Pegamos o trem cedinho e chegamos no Outlet às 10:30, meia hora depois de ter aberto. A estação central da cidade tem conexão com o metrô, fomos até uma certa estação de onde sai um ônibus de transporte do próprio Outlet, que nos deixa lá dentro, de graça.

Dica: Ao comprar passagem de trem, você pode fazer reserva de assento. Às vezes é de graça, dependendo do trem e do dia/horário, às vezes é pago (barato, mas pago). Se você não reserva lugar, tem que ficar procurando um lugar livre pra sentar, e se você estiver com mais alguém isso pode ser um problema e vocês não sentarem juntos. Mas a dica é: reservando ou não, assim que subir no trem vá para o vagão do restaurante. Lá você se senta confortavelmente à uma mesa, pode tomar um café ou comer algo enquanto viaja, e a janela é maior pra você admirar a paisagem 🙂

O Lucas e eu não ligamos pra roupas de marca, o que a gente gosta mesmo é de roupa barata. Mas como o Lucas usa tamanhos grandes e gosta de roupas esportivas, fomos com a intenção de ir ver a loja da Adidas, Nike etc, que é onde ele geralmente acha roupa pra ele. Mas o que vale mesmo é o preço. Pra gente, não adianta nada ter 90% de desconto em uma peça se o preço final ainda é alto pros nosso padrão. Tem que ser barato, se é 90% de desconto ou 10, o que quero mesmo é saber quanto vai sair do meu bolso.

Pois minha gente, nesse dia valeu a pena, viu!
Honestamente não sei se em dias “normais” ele compensa, porque muitas lojas tinham aquelas promoções bizarras, tipo a Lacoste, com roupas com desconto mas que custavam 60 euros no final (eu passo).

Eu recomendo se cadastrar no site do Outlet pra receber as newsletters e saber quando tem dias de promoções especiais: http://www.fashion-arena.cz/

Pra chegar, é fácil (tem instruções no site também mas aqui tem uma dica boa): da estação de trem (Hlavní Nádrazí) você estará na linha vermelha do metrô (Linha C). Vá até a estação Muzeum e pegue a linha verde (A) sentido Depo Hostívar. É nessa última que você deve descer. Acontece que nessa linha verde tem trens que vão até o finalzão (Depo Hostívar) e trens que param uma estação antes (Skalka). Só Deus e o sistema de transito de Praga sabem o porquê. Quando fomos, tínhamos em mente “descer na última” e quando o trem parou na Skalka ficamos assim:

giphy

Então não se assuste se o trem parar na Skalka e a voz falar que todos têm que descer. Desça e espere o próximo que virá.

Chegando na Depo Hostívar, é só seguir o fluxo que você vai dar no ponto de onde sai o ônibus do Outlet. É possível checar os horários do ônibus no site acima.

Tem uma praça de alimentação lá onde você pode parar pra descansar um pouco e matar a fome. Mas se você não gostar das opções que tem lá, pode ir no McDonald’s que fica do lado de fora, num posto de gasolina. É só você ir no meio do estacionamento do Outlet e procurar um poste alto com o grande M amarelo e ir. Saindo do ônibus, na chegada, você já consegue vê-lo.

Bom, fica aí uma dica de compras em Praga. Dá pra ir num sábado, dormir por lá e curtir a cidade no domingo. Sempre vale a pena dormir em Praga 🙂

Anúncios

Fazendo Compras

Eu me lembro a época em que gastar R$300 numa compra do mês lá em casa era uma extravagância. Isso deve ter sido lá pelos idos de mil novecentos e noventa e tantos. Meus pais compravam aquele monte de coisas de uma vez, acredito que foi o costume das famílias Brasileiras por muito tempo.

Eu nunca gostei muito de ir ao supermercado. Achava muito demorado e cansativo. Eu não era do tipo de criança que ficava pedindo tudo o que via. Não podíamos esbanjar, então era totalmente fora de cogitação ficar pedindo coisas supérfluas pros meus pais. Então eu gostava mesmo era de ficar em casa, e quando eles chegavam, depois da parte chata de ir buscar as trocentas sacolas no carro e subir escadas até em casa, era aquela festa de ver o que eles tinham comprado. E mais festa ainda quando víamos (meu irmão e eu) que tinha sorvete, salgadinho, aquelas porcarias que criança adora.

Até hoje não gosto muito de ir ao supermercado fazer compras. Sete anos casada e nunca me apeguei à nenhuma marca ou à nenhum lugar em particular. Compro o que eu tenho vontade de comer em determinado dia, e sou super influenciada por promoções.

Quando chegamos aqui em Brno, o primeiro lugar que fomos foi o mercado. É legal fazer compras em lugares novos, ver produtos diferentes, ver marcas conhecidas. Mas rapidinho eu voltei a achar tudo uma grande chateação, porque em um lugar novo você quer conhecer, explorar, ver as opções. Ver onde é mais barato, mais perto.

Bem, aqui em Brno a gente faz uma compra principal por mês, que é quando compramos produtos de higiene pessoal, limpeza, e mais algumas coisas. E, semanalmente, vamos comprando comidas frescas como carnes e legumes, conforme vai batendo a vontade e a disposição de cozinhar. Como eu disse antes, não tenho um lugar fixo pra comprar. Entro no que eu vejo primeiro. Entro no que está mais perto quando eu lembro que preciso comprar alguma coisa.

Aqui os principais supermercados de Brno:
– Albert – http://www.albert.cz/

– Billa – https://www.billa.cz/

– Kaufland – https://www.kaufland.cz/

– Globus – https://www.globus.cz/

– Tesco – http://www.itesco.cz/cs/

Vou no Albert para coisas do dia-a-dia. Estou sempre passando em frente dele, por isso. Não é meu favorito, acho meio feio e bagunçado. Os preços são bons e tem bastante promoção.

O Billa eu fui uma vez só. Achei mais caro que o Albert.

O Kaufland nunca fui, mas ouço falar que legumes, frutas e verduras são bem frescas e bem selecionadas.

Globus: longe demais do resto do mundo, mas os preços valem a pena a viagem. Duas coisas, principalmente, compensam muito: carnes e manteiga President. Fica a dica.

O Tesco é meu favorito! É grande, então tem uma boa variedade de tudo. Os preços são bons e tem bastante variedade. Mas o melhor de tudo: eles vendem online. Esse foi o segundo mês que compramos pelo site e a experiência é sensacional: o site tem a versão em Inglês. Calmamente você seleciona seus produtos e quantidade. Legumes, verduras e frutas você pode comprar por peso ou por quantidade (o que é ótimo, porque até hoje não tenho ideia de quantas batatas vêm em um kilo. Prefiro comprar 10 batatas e pronto). Eu não assisto TV, mas falam que tem uma propaganda do Tesco em que eles falam que os produtos frescos são escolhidos com muito cuidado e que os melhores vão para as entregas das compras online. E, realmente, posso afirmar: cenouras, batatas, frutas: parece que foram escolhidos pela minha avó!

Em cada categoria de produtos, tem o filtro para “promoções”, minha parte preferida.

Na hora de fazer o check-out online, você pode selecionar se quer pagar pelo site ou na entrega (somente com cartão), e escolhe o melhor dia e horário pra receber suas compras. As taxas de entrega variam dependendo do dia da semana e do horário, mas é uma média de 70CZK.

No dia da entrega, o pessoal leva as compras até sua porta. Tudo está em sacolinhas plásticas (YEY!) e eles esperam você descarregar as caixas tranquilamente. Eles te avisam se houve alguma substituição, que você pode aceitar, ou não. Aconteceu comigo de eu comprar papel higiênico tipo X mas no dia da minha entrega só tinha do tipo Y, da mesma marca.

140015

A-Tesco-home-delivery-van-008

Na primeira vez que comprei pelo iTesco, paguei online. Na segunda, passei o cartão na hora da entrega. Tudo tranquilamente, sem problema algum.

E, claro, dei uma gorgeta pro rapaz que subiu até minha porta. Vale MUITO a pena. Como não temos carro, quando íamos até o Tesco pessoalmente, voltávamos pra casa de táxi por causa das sacolas, e a corrida custava cerca de 140CZK. Agora, mesmo com a gorgeta, gasto menos dinheiro e não preciso ficar andando pra lá e pra cá e perder tempo em filas. Palmas para o Tesco.

Existe uma feira que acontece no centro da cidade, todos os dias. Eu fui uma vez, logo que cheguei aqui, pra conhecer. Não voltei mais por pura preguiça, mas pretendo. Produtos frescos de produtores locais a preços excelentes. Fora que é uma super chance de treinar Tcheco, e se envolver com a cultura e hábitos locais. Fica na Morávske Namestí.

Muita gente que mora fora do Brasil sente muita falta dos produtos que estamos acostumados a comprar lá. Reproduzir comidas comuns Brasileiras fica bem difícil estando fora. Como eu sou uma pessoa que gosta de quase qualquer comida, sofro menos. São pouquíssimas as coisas que não gosto de comer e me adapto muito fácil a novos ambientes. É claro que eu sinto falta de várias coisas, mas não morro por isso. Aqui tem leite condensado (não o Moça, mas tem, e é ótimo!) e creme de leite. Tem feijão: carioca, preto, vermelho, branco. Tem arroz. Tem carnes (até picanha, mas é caro!).

Das coisas que eu comprava sempre no Brasil, não senti falta de nada até agora. Senti falta de coisas que nem no Brasil eu comprava, só porque aqui é impossível de achar: carne seca, pão de cachorro-quente, massa pronta de pão de queijo. Mas sempre tem alguém vindo pra esses lados pra trazer pra mim 🙂

Comida é meu assunto preferido, então, como sempre, me escrevam se tiverem alguma dúvida. E pra quem já está aqui, deixo uma pergunta: Qual comida Brasileira você mais sente falta de ter no dia-a-dia?

Um abraço, e até a próxima!