A Páscoa que não é Páscoa

Tô pra ver Páscoa diferente como aqui!

Desde que chegamos eu ouço essa história de que a tradição de Páscoa aqui não é nada “convencional”, que envolve chicotes e bebidas, mas não tinha parado pra ler a respeito até agora.

A Páscoa no Brasil é um feriado religioso, cristão. A sexta-feira é da Paixão, que foi quando Jesus foi crucificado, e o domingo é da Ressurreição, que foi quando Jesus ressuscitou. Nessa época, lembra-se do sacrifício de Deus, que enviou Jesus para morrer por nossos pecados, e fala-se do Recomeço.

Pois bem. Aqui, 80% da população é atéia, e isso se deve ao fato de que, durante o regime comunista, grupos religiosos eram atacados e seus membros, presos. Houve uma repressão religiosa muito grande nessa época e o partido comunista forçava na população uma ideia de “ateísmo científico”. E tantos anos depois a República Tcheca se tornou o país mais não-religioso da Europa, com esse número enorme de ateus.
Logo, a Páscoa não passa de uma tradição antiga com cópias de rituais pagãos.

Os costumes desta data dão-se início na Quinta-feira, que é a chamada “Quinta-Feira Verde”, que era a cor das vestimentas medievais usadas nesse dia, o dia que antecede a sexta-feira santa. Atualmente, ninguém se veste dessa cor, mas os bares e restaurantes servem cerveja verde!

Todos no restaurante ganharam uma cerveja verde na Quinta-feira!

Todos no restaurante ganharam uma cerveja verde na Quinta-feira!

A sexta-feira não é santa. Nem feriado é. Não passa de um dia comum de trabalho. (UPDATE: A partir de 2016 a sexta-feira é também feriado. Yupi!!)
O sábado e o domingo também são dias normais. As crianças usam esses dias para se prepararem para a segunda-feira, que é a segunda de Páscoa. Durante o sábado e o domingo, elas preparam os ovos, que são pintados, e simbolizam o recomeço, uma nova vida. E os meninos preparam as pomlázkas, e é aí que a coisa começa a ficar diferente.

As pomlázkas são um tipo de chicote feito com alguns galhos de uma árvore. Os galhos são trançados e na ponta são amarradas algumas fitas coloridas.

MCE4215f3_profimedia_0012755139

Na segunda-feira de Páscoa (feriado!), os meninos e rapazes saem de casa em casa e são recebidos pelas moças. Eles, então, chicoteiam (de leve) as pernas das moças enquanto recitam poemas de Páscoa. E elas, por sua vez, dão a eles uma prenda, que pode ser um ovo colorido ou um doce, e amarram uma fita no chicote. Depois de várias visitas, eles estão com o cesto cheio de ovos e o chicote cheio de fitas coloridas.

toma chicotada!

Toma chicotada!

Com o tempo essa tradição foi mudando, e hoje em dia as moças dão um ‘shot’ de bebida como prenda (uma bebida típica, um tipo de pinga de ameixa), o que acaba fazendo com que, depois de passarem por várias casas, os rapazes estejam bêbados e acabam esquecendo que a chicoteada é somente simbólica. Essa prática é feita por homens mais velhos também, mas geralmente somente entre os membros da própria família.

No passado, as esposas dos fazendeiros usavam a pomlázka para “chicotear” todos os animais da fazenda, bem como os moradores, como um símbolo que traz fertilidade.

365845-top_foto1-seizw

A pomlázka, ovos coloridos e slivovice (bebida de ameixa): um resumo da Páscoa na República Tcheca.

220px-Gardavská_Moravské_typy

Essa moça não parece estar gostando dessa ideia de chicote de páscoa

E assim é comemorada a Páscoa aqui na República Tcheca.

Sinceramente acho bem esquisita essa história de chicote e bebida, mas é assim que é feito por aqui e as pessoas têm muito orgulho das suas tradições.

Feliz Páscoa!
Veselé Velikonoce!

Anúncios